A Floresta Estadual (Flota) do Paru foi criada pelo governo Estadual do Pará, através do Decreto nº 2.608, de 04 de dezembro de 2006, ocupando uma área de 3.612,914 hectares (ha). Atualmente, é gerenciada pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), sendo considerada uma Unidade de Conservação (UC) da categoria de Uso Sustentável, dado pela Lei nº 9.985, de 18 de julho de 2000, que estabelece o Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC).

A Flota do Paru possui cerca de 96% de sua área coberta com florestas bem conservadas, tendo como objetivo básico conciliar a conservação da natureza com o uso sustentável de parte dos seus recursos naturais, mediante a métodos de exploração sustentável da floresta nativa. Além disso, defende os direitos das populações tradicionais, fomenta pesquisas científicas e visitas públicas, pelo turismo em cachoeiras e corredeiras, desde que de acordo com as normas estabelecidas em seu plano de manejo e órgão gestor. Dentre as atividades econômicas realizadas na Flota, estão a coleta e produtos não madeireiros, como castanha-do-brasil e camu-camu, a agricultura de moradores em pequenas roças,  garimpagem de ouro e exploração florestal quando submetida à Concessão Florestal.

(Fonte: https://ideflorbio.pa.gov.br. Acesso em: 17/02/2021).

Mais informações em: https://uc.socioambiental.org/pt-br/arp/4642